transparente
logo Associação    |    Mico-leão-dourado    |    Nossas Ações    |    Divulgação    |    Contato
  A MATA ATLÂNTICA E O HABITAT
O mico-leão-dourado é endêmico da Mata Atlântica de baixada costeira do Estado do Rio de Janeiro, ocorrendo em até 500 metros de altitude. Os micos-leões usam tanto as florestas de vegetação preservada, ou primária, quanto as secundárias, onde já houve exploração ou corte seletivo de árvores. O desmatamento, a expansão agropecuária e a urbanização reduziram o habitat do mico-leão-dourado, confinando suas populações remanescentes em ilhas de florestas secundárias, em sua maioria, menores do que mil hectares. Atualmente, quase todos os micos-leões restantes vivem em fragmentos florestais na Bacia do rio São João, nos municípios de Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Rio Bonito, Cachoeiras de Macacu, Araruama, Rio das Ostras, Cabo Frio e Macaé. O isolamento geográfico resulta no isolamento genético, tornando estas pequenas populações mais vulneráveis à extinção. Esta vulnerabilidade aumenta com a urbanização crescente e desordenada, que avança em direção à área de ocorrência da espécie, a 100 Km do centro da cidade do Rio de Janeiro.

Fragmentação
A exploração dos recursos naturais e a ocupação do território ao longo da costa atlântica brasileira, desde a colonização europeia, têm sido os grandes responsáveis pela devastação da Mata Atlântica, um bioma formado por diversos ecossistemas associados, compondo um ambiente essencial para 70% da população que habita esta região. Florestas, restingas, mangues e os ambientes fluvial e marinho vêm sendo afetados pela perda de floresta, ocupação desordenada do solo, poluição e exploração predatória dos recursos.

A Mata Atlântica é uma das regiões mais ricas em biodiversidade no mundo. O desmatamento vem confinando a mata e toda a sua fauna e flora características aos remanescentes florestais, alguns pequenos e dispersos, outros maiores e representativos da rica biodiversidade de séculos atrás. O isolamento dos fragmentos pode comprometer seriamente a sobrevivência de espécies e de serviços ecológicos que as florestas fornecem para as pessoas, por exemplo, água potável.

A Mata Atlântica desta região abriga as últimas populações de micos-leões-dourados e de muitas outras espécies endêmicas e ameaçadas de extinção. A grande diversidade de espécies, o alto grau de endemismo e as ameaças e pressões fazem desta uma das áreas prioritárias para conservação. Por isso, estamos estudando as causas e os efeitos da fragmentação da Mata Atlântica na bacia do rio São João e também as tendências futuras no uso do solo da região. Estes conhecimentos são de extrema importância para subsidiar o trabalho com diversos órgãos de planejamento, buscando a gestão integrada da paisagem. O uso do solo deve ser orientado de forma a permitir o movimento da fauna e flora por meio de conexões entre os fragmentos florestais isolados. A gestão integrada da paisagem resultará na formação de um verdadeiro Corredor Ecológico.

Notícias relacionadas
18/02
2017
População de mico-leão-dourado.
21/02
2017
Acordo define as passagens de fauna que serão construídas na BR-101, área de ocorrência do mico-leão-dourado
16/03
2017
Vacine-se contra a febre amarela.
16/03
2017
COMUNICADO – FEBRE AMARELA II
27/04
2017
Atropelamento de tamanduá mirim no km 227,5 da BR 101
10/04
2018
VEM AÍ, A MAIS IMPORTANTE CONEXÃO FLORESTAL DA MATA ATLÂNTICA PARA O MICO-LEÃO-DOURADO! Conheça o projeto.

áreas fragmentadas áreas fragmentadas

a expansão humana sobre a área de vegetação em crescimento desordanado a expansão humana sobre a área de vegetação em crescimento desordanado

Parceiros que financiam o trabalho da AMLD
img img img img img
Associação
Histórico
Missão
Metas e Estratégias
Conselho Deliberativo
Equipe Técnica
Sócios
Prêmios e Homenagens
Amigos do Mico
Micolojinha
Na Trilha do Mico
Mico-leão-dourado
As Quatro Espécies
Ficha do Bicho
Ecologia e Comportamento
Genética
A Mata Atlântica e o Habitat
Espécies Invasoras
Divulgação
Notícias
Vídeos

Fale Conosco
Contato

55 (22) 2778-2025
55 (22) 2778-1580
Metas e Estratégias
Manejo da População
Áreas Protegidas
Agricultura Familiar
Restauração Florestal
Educação Ambiental
Infraestruturas Lineares
Planejamento Territorial
Comunicação e Marketing
Turismo Sustentável
Fortalecimento Institucional
Facebook
Youtube
Instagram
Webmail